Cinco dicas para pagar menos pelo seguro do seu veículo.

08/09/2012 15:03

Preocupados com os imprevistos de um acidente no trânsito, muitos brasileiros contratam seguros para seus veículos. Entretanto, dependendo do perfil do motorista, o seguro pode ficar caro o suficiente para atrapalhar o equilíbrio financeiro do segurado.

Antes de procurar um corretor, é importante saber que a idade do condutor é um dos fatores que mais influenciam no valor a ser pago. Para se ter uma ideia, duas pessoas com perfis idênticos, mas com idades de 24 e de 35 anos podem pagar R$ 2.750 e R$ 5.900, respectivamente, no seguro do mesmo carro. Isso porque quem está entre 18 e 24 anos é mais propenso a acidentes, segundo estatísticas das seguradoras.

Para ajudar a diminuir o valor final pago no seguro, listamos alguns itens que podem fazer a diferença na hora da avaliação da seguradora.

1. Possuir garagem em casa e no trabalho. Ter onde guardar o veículo diminui o risco de sinistros (assaltos e batidas, por exemplo). Consequentemente, o valor da apólice também é reduzido. Se o portão fa garagem for automático e possuir vigilância 24h, o seguro pode cair ainda mais. "Mas não adianta mentir. Quando um sinistro acontecer, a seguradora vai investigar. Se ela descobrir, o segurado pode perder a cobertura", alerta o corretor de seguros, Douglas Silva, da corretora Flanci;

2. Selecione quem vai morar com você. Se você quer dividir apartamento com outra pessoa, procure alguém fora da idade idade de risco. Mesmo que você seja mais  velho, só por morar com outra pessoa de 18 a 24 anos, a seguradora entende que o risco de um acidente acontecer é maior;

3. Abra mão do que você não precisa. "Se o seu carro anda 90% na cidade, você não vai precisar contratar guincho para longas distâncias. Se a família tem mais de um carro em casa, nem sempre é necessário pedir um reserva", diz Silva;

4. Instale dispositivos de segurança.  Alarmes antifurto diminuem o índice de sinistros;

5. Escolha o modelo certo. Se você ainda vai comprar o carro, procure um corretor de seguros e analise o preço do seguro para cada modelo de seu interesse. Caso esteja em dúvida, o valor pode ser um fator de desempate em sua decisão. Vale a dica: modelos populares tendem a ter o seguro mais caro.